BAMP no Africa Eco Race para disputar um lugar entre os primeiros

BAMP no Africa Eco Race para disputar um lugar entre os primeiros

40

Depois de uma estreia bem-sucedida no Dakar 2015 e de uma brilhante prestação na Baja España Aragón, Ricardo Leal dos Santos vai agora testar nas pistas africanas do Africa Eco Race o enorme potencial do seu mais recente projecto desportivo BAMP. Ricardo Leal dos Santos, que conta no seu currículo com dez participações no Rally Dakar, sete das quais em África, foi o primeiro português a aventurar-se de Quad, já triunfou na categoria solo auto em 2006 e foi ainda piloto oficial da equipa Mini, na edição de 2012, onde venceu a derradeira etapa da prova sul-americana.

O piloto português responsável pelo projecto lusófono BAMP será navegado na grande maratona africana pelo brasileiro Maykel Justo e irá apresentar-se aos comandos da Nissan Navara que a equipa tem vindo a desenvolver de modo a poder lutar por um lugar entre os primeiros no Africa Eco Race 2016.

Esta Nissan, que temos vindo a desenvolver ao longo deste ano, já demonstrou ter um excelente comportamento em vários tipos de pistas e todas as alterações que lhe foram introduzidas provaram-no plenamente. Estamos apostados em lutar pelo melhor resultado possível no Africa Eco Race, corrida onde vamos enfrentar as pistas extremamente variadas de Marrocos e as grandes zonas de areia e dunas da Mauritânia. Será o mais completo teste que poderíamos desejar para o nosso projecto antes de avançarmos para o próximo nível”.

A equipa BAMP, da qual fazem parte elementos do Brasil, Angola, Moçambique e Portugal, países reunidos no acrónimo BAMP, trabalhou afincadamente nestes últimos meses na pick-up Nissan Navara, de modo a solucionar pequenos problemas registados na sua participação no Rally Dakar do início deste ano. As principais alterações efectuadas, e devidamente comprovadas na Baja España de Aragón, ocorreram ao nível do motor, suspensão, arrefecimento e admissão.