Baja Proença-Oleiros: Pedro Ferreira foi 4º nas sinuosas pistas beirãs

Baja Proença-Oleiros: Pedro Ferreira foi 4º nas sinuosas pistas beirãs

118

Três semanas depois do excelente quarto lugar alcançado na Baja Loulé 2015, Pedro Ferreira repetiu este fim-de-semana o resultado, agora na Baja TT Proença-a-Nova/Oleiros/Mação, uma competição que, ao contrário da prova algarvia, não se afigurava nada adequada a uma máquina de apenas duas rodas motrizes. Para este jovem piloto, que se está a estrear em competição, o resultado permitiu-lhe ainda ascender ao 5º lugar absoluto do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Aos comandos do Depieres Proto e navegado por Válter Cardoso, o piloto nortenho iniciou a sua participação com um oitavo lugar no prólogo, uma posição que o viria a penalizar no dia seguinte, onde foi obrigado a realizar algumas ultrapassagens complicadas.

O prólogo era de facto muito pouco adequado à nossa máquina, que tem apenas tracção traseira, e a classificação ficou um pouco aquém daquilo que eu gostaria. No dia seguinte tive de fazer algumas ultrapassagens no troço inicial, mas onde perdi mais tempo foi a tentar ajudar o André Amaral, cujo Mercedes estava a trancar a pista”, explica Pedro Ferreira.

A parte mais complicada da corrida foi todavia o muito tempo que tive de rolar na traseira do BMW do Alexandre Franco, sem o conseguir ultrapassar. Ele acabou por se despistar e isso permitiu-nos ficar com o percurso livre à nossa frente, numa ocasião em que passámos a ser o quarto carro em pista. Depois veio a neutralização e já noite dentro a confirmação da nossa 4ª posição. É um resultado magnífico, acima de tudo porque foi alcançado sem cometer erros nem exageros. Sinto que estamos a assimilar bem todas estas novidades e isso deixa-me naturalmente muito satisfeito”, acrescentou o piloto.

O Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno terá agora uma pausa de mais de dois meses e regressa a 11 e 12 de Setembro, quando, também sob a égide da Escuderia Castelo Branco, se disputar a Baja TT Idanha-a-Nova.