Baja Proença-Oleiros: Dois primeiros separados por 7,16s após o prólogo

Baja Proença-Oleiros: Dois primeiros separados por 7,16s após o prólogo

29

No arranque da Baja TT Proença/Mação/Oleiros, Miguel Barbosa foi o mais forte. Estabeleceu o melhor tempo em ambas as passagens pela super-especial e, com este resultado, o piloto do Mitsubishi Racing Lancer é o primeiro a sair para a pista amanhã. Hélder Oliveira foi o segundo mais rápido. Perdeu apenas 7,16 segundos nos cerca de 20 quilómetros já percorridos. O líder do campeonato, Nuno Matos, ficou em terceiro a 20,59s do mais rápido.

Num traçado técnico desenhado nas imediações de Proença-a-Nova, Miguel Barbosa imprimiu um ritmo forte com o objectivo de vencer a super-especial e assim assegurar que era o primeiro nos dois sectores reservados para o dia de amanhã. Hélder Oliveira começou por garantir o terceiro melhor registo na primeira passagem e só na seguinte é que conseguiu ficar no segundo posto à geral. Nuno Matos fez o percurso contrário, ou seja, ficou à frente de Oliveira mas acabou o dia na terceira posição após o segundo confronto do dia.

O piso estava muito escorregadio na primeira passagem. Na segunda partimos mais confiantes e atacámos sem correr riscos. O objectivo era sair na frente amanhã. O carro está bom e estamos muito motivados para lutar pela vitória”, afirmou Miguel Barbosa.

Outro dos destaques no prólogo foi João Ramos, embora por razões menos positivas. O piloto da Toyota Hilux teve um acidente na segunda passagem e perdeu quase dez minutos para o vencedor. Ainda assim, e apesar do aparato, tem condições para se manter em competição.

Nas restantes categorias, César Sequeira impôs-se entre os T2, enquanto José Mendes foi o melhor em T8. Para o piloto da Isuzu, o início da Baja TT Proença/Mação/Oleiros não podia ter sido melhor.

Gostei muito do prólogo. O traçado era ao meu estilo. Este era o lugar que eu queria para amanhã. Pretendo controlar a corrida sem arriscar. A prova vai ser dura e ainda há a agravante do calor”, disse César Sequeira.

José Mendes venceu em T8, mas não estava muito satisfeito com a sua prestação.

Apesar do bom resultado no final das duas passagens, perdi tempo em ambas porque apanhei concorrentes mais lentos à minha frente”, lamentou o piloto de Abrantes.

Para amanhã, a Escuderia Castelo Branco reservou duas passagens por um sector com 163,99 km, o que perfaz, no final do dia, um total de 327,98 km. O vencedor deverá ser conhecido às 17 horas.

Classificação após o prólogo da Baja TT Proença/Mação/Oleiros

1º M. Barbosa/M. Ramalho – Mitsubishi Racing Lancer, 18m00,11s
2º H. Oliveira/N.R. Silva – Nissan Navara, a 7,16s
3º N. Matos/F. Serra – Opel Mokka Proto, a 20,59s
4º A. Franco/R. Franco – BMW Serie 1 Proto, a 54,43s
5º A. Amaral/N. Ramos – Mercedes Proto, a 1m37,7