Baja Aragón 2016: Team Consilcar com motivação em alta

Baja Aragón 2016: Team Consilcar com motivação em alta

O interesse competitivo da prova estende-se à luta entre as equipas candidatas à Taça Ibérica de Todo-o-Terreno, precisamente o desafio do Team Consilcar.

89

O Team Consilcar está de regresso à estrada, com a participação na 33ª edição da Baja Aragón, nos próximos dias 22, 23 e 24 de Julho. Na lista de inscritos também figuram Carlos Sainz, Mikko Hirvonen, Nani Roma e Nasser Al Attiyah, consagrados nomes do automobilismo mundial que, depois do Dakar, voltam a encontrar-se na luta pela vitória nesta jornada que integra o calendário da Taça do Mundo de Todo-o-Terreno.

Mas o interesse competitivo da prova, que tem como palco a cidade de Teruel (localizada a quase 200 km a sul de Saragoça), estende-se à luta entre as equipas candidatas à Taça Ibérica de Todo-o-Terreno, precisamente o desafio do Team Consilcar para a época de 2016.

“Espera-nos um dos fins-de-semana mais difíceis da temporada. Os percursos da região de Aragón são conhecidos pela sua dureza e, nesta altura do ano, também há que contar com as elevadas temperaturas ambiente. No fim-de-semana, as previsões apontam para perto de 40 graus… Ou seja, dificuldades acrescidas para mecânicas e pilotos”, admite Edgar Condenso, o piloto da formação.

Ainda assim, Edgar Condenso confessa que “a motivação é grande”.

“Estamos decididos em dar o nosso melhor e em vingarmos o resultado da primeira prova do calendário, onde fomos obrigados a desistir. Sim, queremos contabilizar o máximo possível de pontos e, se possível, entre os primeiros lugares. Por todos os motivos, claro que as dificuldades vão ser muitas, mas também estamos habituados a isso, até pelo facto de não ser a primeira vez que participamos na Baja Aragón”.

Um curto teste durante o fim-de-semana permitiu ao Team Consilcar confirmar que o BMW Proto (a aposta da equipa para este ano) está apto a enfrentar os desafios da Baja Aragón.

“Mais de 800 quilómetros de percurso, 600 dos quais disputados ao cronómetro e, por vezes, acima dos 1.200 metros de altitude”, destaca Nuno Silva, o co-piloto do Team Consilcar.

“Sem dúvida que se trata de uma das mais duras provas de todo-o-terreno que se disputam na Europa. Para além da dureza dos pisos e do calor, a navegação também não costuma ser fácil. Por isso, são muitos os desafios que nos esperam”.

Na próxima Sexta-feira, o Team Consilcar vai ser a 19ª equipa a partir para a Baja Aragón.

“Para além do objectivo de lutarmos pelos primeiros lugares da Taça Ibérica de Todo-o-Terreno, tudo faremos para retribuir o apoio dado pelos patrocinadores e parceiros”, conclui Edgar Condenso.