Arjun Maini junta-se à Haas F1 Team como Piloto de Desenvolvimento

Arjun Maini junta-se à Haas F1 Team como Piloto de Desenvolvimento

O Piloto indiano Arjun Maini, de 19 anos, vai fazer equipa com Santino Ferrucci, que foi recentemente confirmado como piloto de desenvolvimento da equipa americana Haas F1 Team

38

A Haas F1 Team assinou com o piloto indiano Arjun Maini para o papel de piloto de desenvolvimento, partilhando a tarefa com o americano de 18 anos Santino Ferrucci.

Maini, de 19 anos, está a competir na GP3 Series com a Jenzer Motorsport, depois de ter participado em catorze das dezoito corridas da temporada de 2016 da GP3 Series. Apesar de ter faltado às quarto primeiras corridas, Maini terminou o Campeonato no décimo lugar, tendo como melhor resultado o segundo posto obtido em Hungaroring, Budapeste, no dia 23 de Julho.

“É uma honra fazer parte da Haas F1 Team como piloto de desenvolvimento”, afirmou Maini.

“Toda a minha carreira nas corridas tem tido como foco tornar-me piloto de Fórmula 1 e esta oportunidade coloca-me um passo mais próximo desse objectivo. Estou ansioso por aprender, por compreender e experimentar a forma como uma equipa de Fórmula 1 opera. Tudo o que aprender poderá ser usado imediatamente na GP3, enquanto me preparo para o meu objectivo principal: a Fórmula 1”.

Tal como Ferrucci, Maini será integrado na Haas F1 Team em todas as oportunidades, assistirá às corridas, testes durante o ano, participando também no programa de simulador da equipa.

A Haas F1 Team estreou-se em 2016, tornando-se na primeira equipa de Fórmula 1 americana em trinta anos. Agora, na sua segunda temporada, a equipa pretende evoluir a partir da sua estreia impressionante, quando terminou no oitavo lugar do Campeonato de Construtores com 29 pontos.

“Enquanto a Haas F1 Team continua a maturar, temos que olhar para o nosso futuro e desenvolver potencial talento”, disse Gunther Steiner, o chefe de equipa da Haas F1 Team.

“Arjun foi bem-sucedido no karting e adaptou-se bem a diversos campeonatos de monolugares e, agora, à GP3. Vamos mantê-lo em vista no seu progresso ao longo deste ano”.

A GP3 Series disputa-se em concomitância com a Fórmula 1 a 12-14 de Maio no Circuit de Barcelona – Catalunya Espanha; 7-9 Julho no Red Bull Ring em Spielberg (Áustria); 14-16 de Julho em Silverstone; 28-30 de Julho em Hungaroring, Budapeste; 25-27 de Agosto no Circuit de Spa-Francorchamps (Bélgica); 1-3 de Setembro no Autodromo Nazionale Monza (Itália); e 24-26 de Novembro no Yas Marina Circuit em Abu Dhabi (Emiratos Árabes Unidos). O único fim-de-semana que não acompanhará a Fórmula 1 será o realizado em Jerez (Espanha), nos dias 6-8 de Outubro.

Sobre Arjun Maini

Maini conquistou o seu primeiro título em 2007 quando venceu Rotax Mini Max National Championship. Numerosas vitórias e pódios seguiram-se antes de Maini iniciar a sua transição para os monolugares. Venceu em 2013 a Formula BMW Super Six Series, na Ásia, e terminou em segundo o Campeonato BRDC de Fórmula 4, com quatro triunfos, dez pódios, cinco pole-positions e seis voltas mais rápidas. Em 2015, Maini competiu na Toyota Racing Series, na Nova Zelândia, terminando no quarto posto, com duas vitórias, cinco pódios, três pole-positions e duas voltas mais rápidas – uma performance que o levou até à GP3 em 2016.