Apuramento para o Mundial’2018: Portugal vence Suíça e apura-se directamente para o...

Apuramento para o Mundial’2018: Portugal vence Suíça e apura-se directamente para o evento da Rússia

O "capitão" Cristiano Ronaldo desta vez não foi decisivo, mas ajudou Portugal a atingir o objectivo, para gáudio dos mais de 50000 espectadores que encheram por completo o anfiteatro do Benfica.

17

PortugalA Selecção Nacional venceu a sua congénere da Suíça, por 2-0, em jogo a contar para a 10ª e última Jornada do Grupo B da Fase de Apuramento para o Mundial’2018, disputado no Estádio da Luz, em Lisboa.

Sabendo que tinha de vencer para assegurar o apuramento directo para o evento do próximo Verão, os comandados de Fernando Santos assumiram as rédeas do encontro, mas voltaram a pecar na finalização.

De facto, a partida era dominada por Portugal, mas os adeptos lusos não estavam nada confortáveis e temiam que a “equipa de todos nós” voltasse a ter que passar por um “play-off doloroso”, como foi o mais recente (em Novembro de 2013), contra a poderosa Suécia.

Aos 42 minutos, numa nova jogada de ataque da formação das quinas, a bola é enviada para a grande área, onde estão João Mário, Yann Sommer e Djourou que na ânsia de chegarem ao esférico chocaram uns com os outros.

O mais infeliz acaba por ser o defesa suíço, pois no meio da confusão dá um pequeno toque na bola e esta entra dentro da própria baliza, para completo desespero do técnico Vladimir Petkovic.

Ao intervalo, a vantagem de Portugal pecava por escassa, pois tinha sido a equipa que dominou os primeiros 45 minutos, apesar de não ter feito uma exibição de “encher o olho”.

Na segunda metade, Portugal voltou a entrar forte, mas desta vez chegou ao golo relativamente “cedo”, mais concretamente aos 57 minutos, por intermédio de André Silva, que atingiu a marca de 9 golos só nesta qualificação.

Este golo acabou por “abater” a Suíça, que nunca mais “entrou” no jogo, deixando Portugal jogar a seu bel-prazer e a desperdiçar algumas oportunidades flagrantes, nomeadamente por Cristiano Ronaldo.

O “capitão” desta vez não foi decisivo, mas ajudou Portugal a atingir o objectivo, para gáudio dos mais de 50000 espectadores que encheram por completo o anfiteatro do Benfica.

Já a Suíça, desce para a 2ª posição, com os mesmos 27 pontos de Portugal, mas com um diferença de golos marcados e sofridos inferior à portuguesa, no que toca aos tentos obtidos em toda a qualificação.