Almeirim consagrou 4 novos campeões de Paraciclismo, nas provas de fundo

Almeirim consagrou 4 novos campeões de Paraciclismo, nas provas de fundo

Tal como na véspera, aquando da corrida ao título nas provas de contra-relógio, houve campeões que transitaram do ano anterior, revalidando os títulos previamente conquistados em Almeirim

41

Campeonato Nacional de Paraciclismo 2017 - Almeirim - Provas de FundoA segunda jornada dos Campeonatos Nacionais de Paraciclismo foi dedicada às provas de fundo. José Castanheira (Penacova DH/UD Lorvanense), Manuel Ferreira (Silva&Vinha/Adrap/Sentir Penafiel), David Inácio e Flávio Pacheco (Sporting/Tavira – Paracycling) foram consagrados campeões nacionais.

O Campeonato Nacional de Paraciclismo concluiu-se hoje em Almeirim com a disputa das provas de fundo, tendo sido atribuídos, entre as diferentes classes de competição, um total de quatro títulos nacionais entre as novas provas em disputa. Tal como na véspera, aquando da corrida ao título nas provas de contra-relógio, houve campeões que transitaram do ano anterior, revalidando os títulos previamente conquistados em Almeirim.

José Castanheira (Penacova DH/UD Lorvanense), na classe C4, sagrou-se campeão nacional batendo João Monteiro (Mozinho MTB/Vale D’Aldeia/Martos/Hmed) e Paulo Teixeira (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão). Este foi um dos dois títulos nacionais atribuído na Classe C, destinada a atletas com um deficiência física, mas que competem numa bicicleta convencional.

Na classe C5, uma das mais concorridas, Manuel Ferreira (Silva&Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) foi o mais forte e conquistou o título nacional. Nas restantes provas disputadas, mas que não atribuíram títulos nacionais, Bernardo Vieira venceu na C1, Telmo Pinão (LA Metalusa Blackjack Paracycling) foi vencedor em C2 e Francisco Martins triunfou na classe C3.

Na classe H, destinada a ‘hand bikes’, foram disputadas três corridas. João Pinto (individual) deixou o rival Diogo Oliveira (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel) para trás para vencer em H3. Flávio Pacheco (Sporting/Tavira – Paracycling) superou André Sobreiro e Ruben Garcia (Clube K) para se sagrar campeão nacional na classe H4 e, por fim, Luís Costa (Sporting/Tavira – Paracycling) foi o único concorrente na classe H5.

Na classe D, destinada a corredores portadores de deficiência auditiva, David Inácio (individual) bateu João Marques (Academia Joaquim Agostinho/UDO) para se sagrar campeão nacional, tendo Ricardo Gomes (Moreira Congelados/Feira/Bicicletas Andrade) fechado o pódio na terceira posição.