Africa Eco Race 2017: Top-10 para a Albufeira Racing Team na estreia...

Africa Eco Race 2017: Top-10 para a Albufeira Racing Team na estreia em Marrocos

As posições de Didier Frederico (9º) e Alexandre Azinhais (10º) deixam os pilotos bastante confortáveis face ao 2º dia, pois partirão com os mais rápidos.

35

Ultrapassadas as primeiras horas do novo ano e já com a longa travessia do Mediterrâneo para trás, Didier Frederico e Alexandre Azinhais enfrentam durante o dia de amanhã a primeira etapa da Africa Race 2017.

O dia começou com uma ligação de 51 quilómetros que levou os dois pilotos algarvios desde Nador até Ameziane, localidade onde se iniciaram os 86 quilómetros da primeira especial da Africa Race que ligou Ameziane a Dar Mimoun, iniciando-se depois uma segunda ligação com 473 rumo a sul, onde em Domaine Moulay – muito próximo de Er Rachidia – terminou a etapa de abertura da Africa Race 2017.

Numa especial marcada pelas pistas com muita pedra, a mesma desenrolou-se numa região marcadamente agrícola com muitas pistas por vezes pouco visíveis, onde as armadilhas do percurso fizeram vítimas em anos anteriores. Alexandre Azinhais e Didier Frederico resolveram por isso não correr riscos desnecessários e sem forçarem muito o ritmo deram os seus primeiros passos na competição, para fecharem o dia entre os dez melhores, com Didier a ser o nono classificado e Alexandre o décimo, posições que os deixam bastante confortáveis face ao segundo dia de prova, pois terão ordem de partida junto com os pilotos mais rápidos em prova.

“Sem correr riscos, esse era um dos nossos objectivos. Fizemos a etapa em conjunto e rapidamente definimos o nosso ritmo até ao final da mesma. Este foi apenas o primeiro dia e com uma especial tão curta era necessária alguma contenção… e foi o que fizemos!”, referiu Alexandre Azinhais no final da especial antes de iniciar a ligação.

Amanhã, a dupla de Albufeira enfrentará a segunda etapa, entre Doumaine Moulay e Tagounite, um dia onde o prato forte serão os 370 quilómetros de especial cronometrada e onde as dunas de Merzouga serão um dos pontos marcantes da jornada, naquele que será o primeiro contacto com a areia da Africa Eco Race 2017.

Partindo no grupo dos melhores, os pilotos algarvios querem manter a sua posição entre os dez melhores e ganhar algumas posições está igualmente nos seus planos.