Liga NOS: Sp. Braga empata (1-1) com P. Ferreira e continua na...

Liga NOS: Sp. Braga empata (1-1) com P. Ferreira e continua na 4ª posição

37

O Sp. Braga empatou (1-1) com o P. Ferreira, em jogo a contar para a 14ª Jornada da Liga NOS, disputado esta 2ª Feira no Estádio Municipal de Braga, na cidade dos arcebispos.

Depois da grande vitória sobre o Sporting nos Oitavos-de-Final da Taça de Portugal, o Sp. Braga entrou em campo disposto a somar mais uma vitória e os consequentes 3 pontos em disputa.

Do lado pacense, a estratégia era defender, aguentar o nulo e tentar arrancar (pelo menos) 1 ponto, de modo a continuar nos lugares cimeiros da tabela classificativa da competição.

No entanto, a resistência dos “canarinhos” durou apenas 22 minutos, altura em que Nikola Stojiljkovic recebe um passe de Rui Fonte, entra dentro da grande área e remata para o fundo da baliza.

Até ao intervalo, o Sp. Braga continuou a dominar, com processos simples, muita posse de bola e jogadas criativas de Alan, que teve uma grande oportunidade para dilatar a vantagem em cima do minuto 45 (rematou por cima, quando estava enquadrado com a baliza).

No início da segunda parte, Jorge Simão colocou em campo Barnes e o jogador ganês revolucionou a partida, pois aos 52 minutos, o avançado galgou vários metros e quando estava em boa posição para alvejar a baliza contrária, André Pinto derruba o seu adversário, e o árbitro assinala grande penalidade.

Na cobrança do castigo máximo, Pelé não tremeu e marcou o golo do empate, deixando os adeptos sentados nas bancadas do Municipal de Braga completamente silenciosos e algo apreensivos, assim como o técnico Paulo Fonseca.

Nos minutos seguintes, o Paços esteve perto de “virar” o marcador, mas Ricardo atirou contra a barra e Diogo Jota introduziu a bola na baliza, mas em posição irregular (fora-de-jogo).

Depois destes 2 lances, o treinador Jorge Simão começou a perceber que a aposta no ataque descurava a defesa, e que podia sofrer o 2º golo a qualquer momento, situação nada agradável para os pacenses.

Por isso, pediu aos seus jogadores muita concentração e que entregassem as “rédeas do jogo” ao Sp. Braga, que aproveitou para ir para a frente, embora sem grande lucidez.

O Paços fez o seu anti-jogo, atirando a bola para fora, simulando algumas lesões (o que irritou o publico bracarense) e conseguiu o seu grande objectivo: uma igualdade num campo difícil, onde poucas equipas ganham.

Com este resultado, o Sp. Braga continua na 4ª posição, com 25 pontos, mais 4 pontos que o Rio Ave, V. Setúbal e P. Ferreira, que continuam na luta por um lugar na Liga Europa da próxima temporada.