Liga NOS: Sporting vence Moreirense e mantém-se na liderança da classificação

Liga NOS: Sporting vence Moreirense e mantém-se na liderança da classificação

24

O Sporting CP venceu o Moreirense por 3-1, em encontro a contar para a 13ª Jornada da Liga NOS 2015/2016, disputado este Domingo no Estádio José Alvalade II, em Lisboa.

Depois de uma noite memorável na passada 5ª Feira (vitória frente ao Besiktas por 3-1, após estar a perder por 1-0 já na segunda metade, e consequente apuramento para a Liga Europa), os “leões” queriam continuar na “onda” dos triunfos para dar mais uma alegria aos seus adeptos.

No entanto, o técnico Jorge Jesus apostou em jogadores de “segunda linha” e correu um risco enorme, pois nos anteriores jogos em que participaram os menos rodados, os resultados não foram nada positivos.

Ricardo Esgaio, Jonathan Silva, Ewerton, Alberto Aquilani, Teo Gutierrez e Gelson Martins foram chamados para o “onze” inicial, ficando de fora João Pereira, Paulo Oliveira, Jefferson, William Carvalho e Fredy Montero.

A estratégia acabou por dar resultado, graças a velocidade e criatividade do jovem extremo, que fugiu aos defesas e inaugurou o marcador, para enorme alegria do Jorge Jesus.

A jogada é excelente, mas também convém dizer que Gelson contou com a contribuição de Ricardo Esgaio, que impede (de forma irregular) a saída da barreira de um jogador do Moreirense.

Aos 37 minutos, Adrien Silva constrói uma excelente jogada pelo lado direito do ataque leonino, ao passar por vários adversários; já perto da linha de fundo cruza para o “coração” da área de rigor, onde aparece Alberto Aquilani a rematar para o fundo das redes defendidas por Stefanovic.

Até ao intervalo não se passou mais nada de destaque, apesar das equipas terem tentado chegar às grandes áreas contrárias de todas as formas e feitos possíveis e imagináveis.

Na segunda metade, Ernest (que tinha tinha entrado aos 55 minutos) comete falta sobre Islam Slimani na grande área, e o árbitro assinala um penalty a favor da equipa leonina.

Adrien Silva agarra na bola para cobrar o castigo máximo, mas o técnico Jorge Jesus grita para o campo, dizendo que deverá ser Islam Slimani a marcar a grande penalidade.

O médio leonino ainda se fez de desentendido quando o argelino que lhe pediu para passar a bola, Teo Gutierrez também se juntou à confusão, Jorge Jesus berrou a plenos pulmões (o 4º árbitro até lhe pediu para se acalmar), mas Slimani acabou por rematar da marca dos 11 metros, só que Stefanovic defendeu.

No entanto, a defesa foi para a frente e Islam Slimani foi rápido a reagir, atirando para o fundo da baliza, marcando desta forma o 3º golo do Sporting, acabando com a questão do vencedor.

Mesmo assim, o Moreirense tentou reagir e aos 79 minutos, Boateng faz um excelente cabeceamento, mas Rui Patrício responde com uma grande defesa, evitando o golo dos cónegos.

Pouco depois, Naldo comete falta dentro da grande área, vê cartão amarelo e o Moreirense dispõe de uma grande penalidade a seu favor, que Rafael Martins transformou em golo.

Aos 82 minutos, o mesmo Rafael Martins tentou marcar o 2º golo, mas Rui Patrício opôs-se bem e manteve a sua baliza inviolável; o guardião português foi importantíssimo nos últimos minutos, pois o Moreirense assustou (e muito), mostrando que com um pouco mais de atrevimento poderia sair de Alvalade com 1 ou mais pontos.

Com esta vitória, o Sporting mantém a liderança isolada, agora com 5 pontos de avanço sobre o FC Porto, pois os portistas só amanhã é que concluem o desafio frente ao Nacional (interrompido hoje devido ao nevoeiro).

Já o Moreirense, com o desaire, continua na 14ª posição, com 11 pontos, mais 1 ponto que Boavista e União, embora os madeirenses tenham um jogo a menos, pois só na 3ª Feira irão realizar o jogo em atraso com o Benfica.