Liga NOS: Boavista empata com Estoril num jogo marcado pela expulsão de...

Liga NOS: Boavista empata com Estoril num jogo marcado pela expulsão de Inkoom

69

O Boavista não foi além de uma igualdade (1-1) com o Estoril, em jogo a contar para a 13ª Jornada da Liga NOS, disputado esta 6ª Feira no Estádio do Bessa, na cidade invicta.

Depois da saída de Petit do comando técnico da equipa “axadrezada”, o boliviano Erwin Sanchez foi chamado para tirar o clube dos últimos lugares da tabela classificativa, mas a estreia do novo treinador foi tudo menos auspiciosa.

É certo que o Boavista dominou os primeiros 30 minutos, esteve a vencer pela diferença mínima (depois de Uche Nwofor ter inaugurado o marcador), mas após a expulsão de Samuel Inkoom (por duplo cartão amarelo) tudo ruiu em poucos minutos.

A jogar com menos 1 elemento, o Boavista tentou segurar a vantagem, mas aos 45 minutos o árbitro assinala uma grande penalidade favorável ao Estoril, a castigar uma falta (mão na bola) de Henrique, que parece não existir.

Apesar dos fortes protestos dos jogadores do Boavista e dos adeptos do clube “axadrezado”, o juiz manteve a sua decisão, e Leo Bonatini aproveitou a grande oportunidade para empatar o encontro.

Na segunda metade, o Estoril aproveitou a vantagem de ter mais 1 elemento em campo para gerir o tempo e o resultado, pois estava satisfeito com o empate obtido num campo sempre complicado para os adversários.

O Boavista ainda tentou, mas via-se que a falta de 1 jogador trazia grandes complicações à equipa “axadrezada”, que raramente chegava com perigo à grande área contrária.

Antes do apito final, destaque para a expulsão (por duplo amarelo) de Afonso Taira, que pensava que ia escapar à exclusão quando viu o árbitro mostrar o cartão amarelo a Babanco, que também seria o segundo.

Quem acabou por resolver a questão foi o auxiliar, que disse ao árbitro (através do intercomunicador) que a falta tinha sido feita por Taira e não por Babanco; o árbitro pediu desculpa, anulou o cartão mostrado a Babanco e mostrou o segundo amarelo (e consequente vermelho) a Taira.

Com este resultado, o Boavista continua na 16ª posição, com 10 pontos, os mesmos do União (que tem dois jogos a menos em relação aos axadrezados), enquanto o Estoril sobe para o 10º lugar, com 16 pontos, os mesmos de Arouca e V. Guimarães, que ainda não jogaram nesta ronda.