4 Horas de Castellet: Regresso do ELMS acontece em Paul Ricard

4 Horas de Castellet: Regresso do ELMS acontece em Paul Ricard

35

A quarta jornada da temporada 2015 do European Le Mans Series (ELMS), que terá lugar a 5 e 6 de Setembro no circuito de Paul Ricard, marca o ‘regresso às aulas’ após as férias de Verão. A prova dará o tom para a grande final, a realizar no Autódromo do Estoril, em Outubro.

Situado no Sul de França, Paul Ricard é um circuito com condições ideais para as provas de Resistência do ELMS. Oferece a pilotos e equipas um desafio bem diferente daquele que encontraram nas pistas visitadas desde o início da temporada (Silverstone, Imola e Red Bull Ring), com a longa recta de 1,8 quilómetros a fazer lembrar a linha direita das Hunaudieres nas 24 Horas de Le Mans. Estarão 29 carros na disputa da penúltima prova da temporada.

16 equipas nos Sport-Protótipos

A categoria LMP2 será uma vez mais aquela que reúne uma lista de inscritos mais dilatada para as 4 Horas do Castellet. Em Paul Ricard vão estar 12 Sport-Protótipos à partida, com destaque para os vencedores em Red Bull Ring e líderes do campeonato, a JOTA Sport. O piloto português Filipe Albuquerque, acompanhado de Simon Dolan e Harry Tincknell, estão na frente da classificação geral com dois pontos de vantagem para a equipa francesa Thiriet by TDS Racing (Pierre Thiriet, Ludovic Badey e Tristan Gommendy) e 10 pontos para os vencedores em Silverstone, a Greaves Motorsport (Gary Hirsch, Björn Wirdheim e Jon Lancaster).

Após ter conseguido o primeiro pódio do ELMS na Áustria, graças a Mikhail Aleshin, Victor Shaytar e Kirill Ladygin, os russos da AF Racing (ex SMP Racing) chegam à pista francesa com motivação renovada, desejosos de confirmar a valia dos seus dois BR01 Nissan.

O Ligier JSP2 da Krohn Racing, guiado pelo trio Tracy W. Krohn, Osvaldo Negri e Olivier Pla, ocupa o quarto lugar da tabela, tendo conseguido pontos com enorme regularidade desde o início da temporada. O único LMP2 em pista que não tem motor Nissan – usa um Judd – terminou duas vezes na quinta posição e foi quarto na outra prova.

Mesmo tendo realizado uma bela corrida nas 24 Horas de Le Mans e garantido o segundo lugar em Imola, a equipa irlandesa Murphy Prototype não vai além do sexto lugar na geral. Nathanaël Berthon, muito à vontade na pista da região do Var, e os seus companheiros, Michael Lyons e Mark Patterson, apostam num grande resultado em Paul Ricard para se aproximarem dos lugares dianteiros da classificação. O segundo dos quatro ORECA 03b Nissan presentes nas 4 Horas du Castellet é inscrito pela Eurasia Motorsport. Para a prova francesa, o chinês Pu Jun Jin e o holandês Nico Pieter vão ter o reforço do britânico Richard Bradley, vencedor da classe nas 24 Horas de Le Mans 2015. A Ibanez Racing completa a lista dos ORECA 03b com dois carros.

A Pegasus alinhará o único Morgan Nissan do plantel ELMS, guiado pelo francês Léo Roussel na companhia de David Cheng, enquanto a equipa portuguesa Algarve Pro Racing Team inscreve um Ligier Nissan para James Winslow, Michael Munemann e Andrea Roda.

Na categoria LMP3, contam-se quatro Ginetta Nissan para esta penúltima jornada do ELMS 2015. Vencedor em Silverstone e no Red Bull Ring, o nº 3 da da equipa LNT volta a ser guiado por Charlie Robertson e Sir Chris Hoy. O ‘GT Academy boy’, Gaëtan Paletou, conseguiu mais um pódio na Áustria com o Ginetta nº 2, então na companhia de Mark Shulzhitskiy, mas desta vez volta a ser secundado pelo britânico Michael Simpson, com quem conseguiu um segundo lugar em Silverstone.

A equipa 100 por cento italiana Villorba Corse faz alinhar o Ginetta nº 5 para Roberto Lacorte e Giorgio Sernagiotto. Após o segundo lugar na Áustria querem desafiar o domínio de Hoy e Robertson.

Os espanhóis da SVK by Speed Factory ocupam o quarto posto do campeonato, depois de terem ficado a zeros na última jornada. Desta feita, os habituais pilotos, Konstantin Calko e Dainius Matijosaltis, vão ser acompanhados pelo holandês Mirco van Oostrum.

Regresso com 13 GT em pista e tudo em aberto

Antes da jornada francesa do ELMS, apenas 14 pontos separam os sete primeiros classificados na categoria LMGTE. Ou seja, quase todos os oito inscritos estão verdadeiramente em liça pelo título.

A equipa Formula Racing, com o Ferrari 458 Italia n° 60 de Johnny Laursen, Andrea Rizzoli e Mikkel Mac, lidera depois da vitória na Áustria, tendo cinco pontos de avanço sobre o Ferrari n° 55 da AF Corse, guiado Duncan Cameron, Matt Griffin e Aaron Scott.

A AT Racing, vencedora em Imola, alinhará o F458 Italia para Alessandro Pier Guidi e pai e filho Alexander Talkanitsa. Sem sorte no Red Bull Ring, a equipa desceu do primeiro para o quarto lugar no campeonato, logo atrás do Porsche n° 88 da Proton Competition, tripulado por Richard Lietz, Marco Mapelli e Christian Ried.

Três provas no ELMS 2015, significaram um igual número de quartos lugares para o BMW do Team MarcVDS, o único Z4 do plantel. A equipa belga e os seus pilotos, Andy Priaulx, Henry Hassid e Jesse Krohn, esperam finalmente subir ao pódio.

Michael Wainwright, Adam Carroll e Dan Brown, ao volante do Porsche 911 n° 86 da Gulf Racing UK, desejam também regressar aos bons resultados. Após ganhar em Silverstone, a formação britânica apenas somou mais 10 pontos na duas provas seguintes, descendo para o sexto lugar da geral. Ainda assim, estão a 13 pontos dos líderes, quando há ainda 52 pontos para atribuir nesta ponta final do campeonato. E na luta pelo título estão também os terceiros classificados na Áustria, Matteo Cresoni e Peter Mann. Para Paul Ricard, a dupla vai ter a ajuda do vencedor de Le Mans, Andrea Bertolini, para guiar o Ferrari 458 Italia da AF Corse com o n°51.

A JMW Motorsport, a segunda equipa 100 por cento britânica, volta a marcar presença com o seu F458 Italia entregue a Robert Smith e George Richardson.

Nos GTC, descortinam-se na lista de inscritos cinco carros de três construtores – BMW, Ferrari e Aston Martin. Graças à vitória em Silverstone e ao segundo lugar na Áustria, o BMW Z4 GT3 da formação francesa TDS Racing lidera a classificação com cinco pontos de vantagem antes da prova onde joga em casa. Segue-se o Ferrari 458 Italia GT3 da AF Corse (n° 62), tripulado por Francesco Castellacci e Stuart Hall, que com a ajuda de Thomas Flohr venceram em Imola.

Mads Rasmussen, Adrien De Leener e o português Francisco Guedes vão estar ao volante do F458 GT3 da AF Corse (n° 64), enquanto o trio Giorgio Roda, Marco Cioci e Ilya Melnikov partilham o carro idêntico da equipa italiana (n° 63).

Finalmente, o Aston Martin Vantage GT3 da equipa Massive Motorsport conta com o trio dinamarquês Casper Elgaard, Kristian Poulsen e Simon Moller.

As 4 Horas do Castellet, quarta e penúltima jornada do ELMS 2015 realizam-se no Circuito Paul Ricard, a 5 e 6 de Setembro.